fbpx

Impressão 3D e Inventários Digitais 

Impressão 3D e Inventários Digitais 

A demanda por respostas mais rápidas e a necessidade de gerenciar um número maior de *SKU’s (Stock Keeping Unit) com menos erros geraram uma necessidade de depósitos que precisam ser escalonados e atendam os padrões de um depósito inteligente, eficiente e automatizado. Olhando para os próximos anos, um aumento previsto na preferência pela transformação digital trará mudanças fundamentais na forma como os armazéns operam. A adoção da digitalização disruptiva do armazém atingirá seu ápice.

De acordo com uma pesquisa apresentada pelo Relatório Anual da Indústria da MHI, até 80% dos entrevistados acreditam que a cadeia de suprimentos digital será o modelo dominante da indústria nos próximos cinco anos. Para 20%, já é o modelo dominante.

Para garantir um abastecimento da produção e maximizar o tempo de operação, muitas empresas mantém um estoque de peças de reposição para repor possíveis falhas e evitarem uma interrupção no fornecimento. Muitas vezes essas falhas não acontecem e essas peças acabam nunca sendo utilizadas, o que resulta num valor de estoque elevado e desperdiçado.

Além desse custo, manter um armazém físico também representa um alto custo para toda a operação. 

 No contexto da manufatura, o inventário digital é um sistema de gerenciamento de arquivo digital que oferece um local de armazenamento virtual centralizado para seus projetos 3D e os disponibiliza sob demanda. 

 A impressão 3D é uma das tecnologias líderes que facilitam a mudança para o estoque digital. O principal motivo para isso é que a impressão 3D permite a produção de peças diretamente de um arquivo de design digital, sem usar ferramentas ou moldes específicos para cada projeto. 

Isso resulta em um fluxo de trabalho totalmente digitalizado, onde softwares são utilizados não só para projetar peças, mas também para controlar e gerenciar sua produção.  

Desta forma, a impressão 3D ajuda os fabricantes a repensar sua abordagem de produção convencional. E, além disso, também os ajuda a reimaginar como tais peças são armazenadas. 

Graças à sua natureza digital, a impressão 3D permite que as caixas de peças que ocupavam espaço em depósitos sejam agora substituídas por arquivos digitais armazenados na nuvem ou em um disco local, podendo ser facilmente acessados ​​quando necessário.

É aqui que entra o estoque digital!

 Os estoques digitais têm várias implicações positivas, incluindo custos mais baixos de armazenamento e logística e a capacidade de produzir peças no ponto de necessidade. 

Principais benefícios do inventário digital

Custos de armazenamento reduzidos para peças de reposição de baixa demanda

Quando se trata de peças de reposição, as empresas enfrentam o desafio de equilibrar o investimento de manter um grande número de peças como estoque e a capacidade de atender a demanda do cliente no prazo. 

Uma maneira para as empresas superarem este desafio, é fabricar instantaneamente um produto quando o cliente precisar, evitando a necessidade de se manter um estoque físico ativo. 

Um inventário digital associado à impressão 3D pode fornecer essa solução. Ao invés de manter as peças de baixa demanda, como componentes obsoletos, nas prateleiras de um depósito, eles podem ser reprojetados para impressão 3D e armazenados em um estoque virtual de peças. 

Quando a peça for necessária, você pode simplesmente encontrá-la em seu estoque digital, enviar o projeto para uma impressora 3D e tê-la pronta em algumas horas. 

Essa abordagem não só permitirá que você reduza os custos de armazenamento, mas também mantenha operações enxutas e ágeis, fabricando peças de reposição sob demanda. 

 Logística simplificada 

A impressão 3D juntamente com o inventário digital pode reduzir os custos de envio e potencialmente eliminar os custos de importação / exportação. 

Em qualquer fábrica, é provável que haja muitas peças difíceis de substituir quando ocorre alguma falha, levando dias ou até semanas para despachá-las de um depósito ou fornecedor nacional ou estrangeiro. 

Uma maneira de o inventário digital otimizar esse processo é eliminando a necessidade de enviar peças sobressalentes por completo. 

Ter fácil acesso a um serviço de impressão 3D e um estoque digital de peças de reposição, elimina a necessidade de movimentar fisicamente as peças entre grandes distâncias, uma vez que podem ser produzidas localmente. 

Além das vantagens técnicas que a Impressão 3D oferece em relação à agilidade no desenvolvimento de produtos, prototipagem, produção de pequenos e médios lotes, ferramentas customizadas, entre outros, considerando os custos bilionários que a indústria possui apenas em logística, torna-se também economicamente viável ter um estoque digital que permite acesso instantâneo a todas estas possibilidades, e que podem ser produzidas perto do ponto de uso. 

 

*SKU (Stock Keeping Unit) ou traduzindo para o português Unidade de Manutenção de Estoque, são códigos utilizados para cadastro único de cada produto do seu estoque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *